É sempre um prazer receber a sua visita aqui, onde falo sobre o que faço e do que aprendo sobre Educação, Cidadania, Política da Vida enfim.
Acreditando sempre na Participação das pessoas como forma de melhorar o mundo em que vivemos

Sandra Negrini

quinta-feira, 29 de outubro de 2009

TEORIA E TEÓRICOS - APRENDIZAGEM COLABORATIVA

     Segundo John Dewey, autor do livro "Democracia e Educação" propõe que no ambiente escolar situações sociais que preparem o aluno para exercer a democracia sejam reproduzidas cotidianemente.
     A organização  de pequenos grupos de resolução de problemas, constituídos por aluno que procuravam suas próprias respostas e aprendendo os princípios democráticos através da interação de um com os outros, é enfatizado por Arends Dewey e seus seguidores ao apresentar suas propostas e procedimentos em sala de aula.
     Em um contexto escolar, a aprendizagem colaborativa seria duas ou mais pessoas trabalhando em grupos com objetivos compartilhados, auxiliando-se mutuamente na construção  do conhecimento. Ao professor não basta colocar de forma desordenada, os alunos em grupo, devem sim criar situações de aprendizagem.
     Na tentativa de definir conceitos de aprendizagem colaborativa e diferenciar colaboração de cooperação Panitz (1996) confere que "A colaboração é uma filosofia de interação e um estilo de vida pessoal, enquanto que a cooperação  uma estrutura de interação projetada para facilitar a realização de um objetivo ou produto final´".  Assim pode-se dizer que a aprendizagem colaborativa é muito mais que uma técnica de sala de aula, é "uma maneira de lidar com as pessoas que respeita e destaca as habilidades e contribuições individuais de cada membro do grupo. Todos compartilham responsabilidades e autoridade, assim o aluno possui um papel mais ativo na condução do processo.



     Na aula colaborativa, o professor pede para que os membros do grupo se organizem e negociem entre eles mesmo quais serão os papéis nos trabalhos do grupo.


                                            



Várias são as tendências pedagógicas e bases teóricas que embasam essa prática de aprendizagem, uma delas é a Pedagogia Progressita.



Pedagogia Progressista

      A pedagogia progressista enfatiza um processo de aprendizagem eminentemente de caráter político, pois prioriza a participação em discussões assembléias e votações, tirando os aprendizes da passividade e tornando-os militantes de uma luta social (Libâneo, 1986).
     As propostas progressitas orientam-se não só em direção a uma democratização das oportunidades de ensino, mas também supõe que o trabalho exercido na esocla não seja autoritário. Nesta pedagogia é contemplada a trasnformação social, na medida em que os  professores e alunos extraindo o conteúdo da apendizagem da realidade que os circunda podem conscentizar-se dessa realidade e agir sobre ela, no sentido de transformá-la.


O aluno nesta visão é um ser totalmente envolvido na ação educativa, que interage com o professor e com os seus colegas em discussões coletivas na busca da produão do conhecimento. Esse envolvimento no processo educativo, com liberdade para falar, arguentar e discordar de seus pares e também do professor, torna-os co-responsáveis pelo seu processo de ensino-aprendizagem.



O papel do professoro então deve ser o de problematizador dos conteúdos que são
trabalhados em sala de aula, deixando bem claro para os alunos que eles são apenas o
ponto de partida para uma elaboração mental superior, que culminará na formação da
consciência crítica do aluno em relação a sua sociedadade. (Irala, 2005)




     Metodologicamente a abordagem progresssita trabalha com grupos de discussão nos quais se estabelece uma relação dialógica exigente e rigorosa. Aquisição do saber é sempre vinculada ás realidades sociais
e estimula-se a criação der uma correspondência direta entre os interessados dos alunos e os conteúdos, que são apreendidos de forma crítica.Segundo Behrens (2000) "A metodologia progressita busca alicerçar-se nas diferentes formas de diáologo, e nessa contempla uma ação libertadora e democrática".

Tais  informações fazem parte do material do SENAR - PR  "Algumas Vias para Entretecer o Pensar e Agir" - Programa Agrinho.

Vamos ver na prática como funciona, estou preparando os planos de aula,  pretndo trabalhar nessa linha,  se alguém tem alguma experiência, prática  nesse sentido vou ficar feliz em conhecer.

Grande Beijo!





Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é Fundamental!

Criação