É sempre um prazer receber a sua visita aqui, onde falo sobre o que faço e do que aprendo sobre Educação, Cidadania, Política da Vida enfim.
Acreditando sempre na Participação das pessoas como forma de melhorar o mundo em que vivemos

Sandra Negrini

quinta-feira, 8 de outubro de 2009

Projeto EDUCAÇÃO CORPO E DANÇA



Mistérios Educação, Corpo, Dança, que concretizam uma dimensão humana. No Âmbito sócio-cultural.
Dança é emoção, é a essência do homem. E Não obstante, são várias as formas de movimentos ritmos codificados para simbolizar uma singularidade das emoções humanas. Tendo o  poder de interferir no curso da história, o homem jamais  sucumbirá ou será escravizado diante de uma cultura. Assim ora impulsionado pelo espírito da arte, ora impulsionado pelo espírito da ludicidade pelna a dança traduz os mitos, a Educação e a Cidadania. Se estudarmos a vida de qualquer povo, das civilizações mais primitivas até nosos dias, encontramos como sempre como expressão de uma cultura e como educação das crianças aos jogos, os desportos ea dança
As Danças, Em todas as épocas da história e ou espaços gergráficos, para todos os povos é representação de suas manifestações de seus estado de Espírito, por meio de emoções, de expressão e comunicação do ser e de suas características culturais. É ela que traduz por meio de gestos e movimentos a mais íntima das emoções.
Como educação das crianças entre povos primitivos, ainda hoje a Dança deve proporcionar situações que lhes possibilitem desenvolver várias habilidades e exercer possibilidades de autoconhecimento e ainda ser o agente efetivoo da harmonia entre razão e coração.
A atividade física (corpo) está presente em nosso cotidiano com instrumento de melhoria da qualidade de vida, promovendo o cultivo de hábitos adequados de alimentação, higiene e repouso uma convivência social e uma vida cultural ativa e diversificada.
Além da Promoção da saúde decorrente do exercício das funções fisiológicas (respiração, circulação sanguínea, resistência, flexibilidade e força, entre outras), o ser humano busca por meio da atividade física o equilíbrio eo bem estar.

O Projeto Educação Corpo e Dança nasceu em 2002, no Colégio Estadual Padre José de Anchieta desenvolvido por educadores que acreditaram na força da Educação como forma de melhorar  a vida das pessoas. Esse  projeto surgiu também  da vontade de trabalhar com o aluno e comunidade duas situações válidas ao desenvolvimento de tais como pessoa: Alma e Corpo, que é a busca do conhecimento e encaminhamento adequado que se deve dar ao corpo para entrar em profunda harmonia com a alma.

O projeto visou desenvolver no aluno o prazer do movimento, uma expressão de emoções e sentimentos, o cultivo da disciplina e da perseverança, a superação dos limites e uma série de outros aspectos que, juntos, podem contribuir para uma ampliação do conhecimento de si, do outro e da realidade em que vivem. Dessa forma a atividade física, a dança. fortalece a auto estima do indivíduo e contribui para a melhoria da qualidade de seu relacionamento com as pessoas.

A positividade e Energia do Projeto Educação, Corpo e Dança, ainda é refletido na escola e na vida dos alunos e educadortes  que se envolveram, pois vencendo seus limetes  aprenderam a valorizar cada um gesto e  cada etapa vencida e alcançada.
E esse projeto foi mais uma das vitórias na vida de quem articipou. E eu tive o prazer e alegria de participar como coordenadora voluntária dessa realização.
PARABÉNS aos alunos e educadores que fizeram parte de mais essa etapa de crescimento em nossas vidas e em Educação. Pois é preciso






Inúmeras foram as participações escolas dos alunos em eventos e por várias locais da nossa região e do Paraná.

                                                          FESTIVAIS
                                       

                                                           CONCURSOS


                       







                                                              APRESENTAÇÕES








Nenhum comentário:

Postar um comentário

Sua opinião é Fundamental!

Criação